jump to navigation

Crescem oportunidades no Setor de Serviços 18/09/2010

Posted by Pedro Carvalho in Notícias.
trackback

O setor de serviços se beneficia mais do que a indústria das boas condições do mercado interno, crescimento do mercado de trabalho, inflação controlada e o acesso ao crédito. De acordo com o consultor da FGV Silvio Salles: “o setor de serviços também se aproxima muito da informalidade, que também contribui para a economia e está implicitamente mais expressa nos serviços do que na indústria”.

Uma parte da composição do índice de confiança de serviços (ICS) é de responsabilidade do Índice de Expectativas – que teve alta de 3,2% nos últimos dois meses, após uma queda de 6,8% entre fevereiro e junho deste ano. Em agosto, as expectativas subiram 7,3% em relação a julho.

O índice da situação atual (ISA) também faz parte da composição da confiança. O ISA atingiu os 121,8 pontos, o maior patamar posterior à crise financeira internacional. A alta em relação a julho foi de 1,6%. O consultor da FGV explicou que a volatilidade da situação atual é superior às expectativas, mais constantes.

Na comparação do índice de confiança trimestral com o resultado do PIB do setor de serviços, de acordo com Salles, é possível perceber a existência de aderência entre os dois indicadores. Portanto, no terceiro trimestre, “o PIB de serviços deve manter o mesmo ritmo observado no segundo trimestre”, acredita o consultor.

O setor que apresentou confiança mais elevada foi o de serviços de informação, como telecomunicações, informática e serviços audiovisuais, com alta de 7,6%. Em seguida, foi registrado o setor de transportes (que inclui o transporte de cargas), com 4,3%. O único setor que apresentou queda da confiança foi o de serviços de manutenção e reparação, muito concentrado em oficinas, com menos 2,6%.

De qualquer forma, o perfil de alta foi considerado generalizado, já que 11 dos 12 ramos pesquisados avançaram. “A confiança dos serviços se mantém em patamar elevado, embora relativamente estabilizado desde o segundo trimestre, sinalizando a percepção de um ambiente favorável ao setor”, concluiu Sales.

A falta de engenheiros qualificados preocupa o setor industrial. O déficit anual já está perto de 30 mil profissionais, segundo a Confederação Nacional da Indústria (CNI). Segundo estimativa da CNI, até 2012, haverá ao menos 150 mil vagas não preenchidas por profissionais devidamente capacitados. Ou seja, parte destes postos poderão ser destinados a pessoas com outras formações acadêmicas.

O aumento de 5,6% no Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro dos serviços no segundo trimestre na comparação com igual período do ano passado foi influenciado diretamente por setores ligados à indústria que, com alta de 13,8%, puxou o crescimento de 8,8% do PIB no segundo trimestre. As principais alavancas para o setor de serviços entre abril e junho foram o comércio atacadista e varejista, com alta de 11,8% frente ao segundo trimestre do ano passado, e transporte, armazenagem e correio, que subiu 11,2%.
“No serviço, os setores que mais cresceram foram os que têm comportamento muito influenciado pela indústria”, disse Rebeca Palis, gerente da coordenação de contas nacionais do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Outro destaque ficou por conta da intermediação financeira e seguros, que subiu 9,8%. Rebeca frisou que o grupo nunca deixou de ter comportamento positivo mesmo durante a crise, embora tenha desacelerado o crescimento. Agora retoma o fôlego, apesar de não ter recuperado o ritmo pré-crise, na casa dos 15%.

Fontes:

  • Confiança do setor de serviços avança, avalia FGV, por (Juliana Ennes/ Valor)
  • Falta de engenheiros (Valor)
  • Serviços se beneficiam de setores ligados à indústria, diz IBGE (Rafael Rosas e Juliana Ennes | Valor)
  • Agosto tem recorde de contratações puxado por serviços e comércio (Valor)

Comentários»

No comments yet — be the first.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: