jump to navigation

Emprego na indústria cresce por 15 meses seguidos 27/11/2010

Posted by Jacqueline Maia in Notícias.
add a comment

Azelma Rodrigues | Valor
04/11/2010

BRASÍLIA – As horas trabalhadas na produção da indústria nacional recuaram 0,4% em setembro sobre agosto, pelo critério dessazonalizado. Sem o ajuste sazonal, também apresentaram queda de 1,8%, informou a Confederação Nacional da Indústria (CNI).

No confronto com setembro de 2009 foi observada elevação de 7,4% nas horas trabalhadas, que são um indicativo da produção industrial. No acumulado do ano, o indicador registrou ampliação de 8,0%.

Já a massa salarial real da indústria de transformação aumentou 1,1% em setembro na comparação com agosto. Contra setembro de 2009 houve alta de 6,8%. De janeiro a setembro houve avanço de 6,1%.

O nível de emprego industrial, por sua vez, subiu 0,5% na passagem de agosto para setembro, pelo critério dessazonalizado. Sem ajuste sazonal, houve alta de 0,6%. Ante o mês de setembro de 2009 foi registrado aumento de 7,1%. No cumulado do ano houve avanço de 5,3%.

Segundo a CNI, “a atividade industrial, em geral, apresenta-se moderada, mas o mercado de trabalho continua aquecido. O último registro de queda do emprego foi em junho de 2009, ou seja, há 15 meses

Anúncios

Fórum – Movimento INOVA Young 27/11/2010

Posted by Jacqueline Maia in Eventos.
add a comment

Você é nosso CONVIDADO ESPECIAL, para participar gratuitamente do Fórum de Educação, Road Show do Movimento INOVA Young

Parte integrante do Movimento INOVA Young, voltado para a Geração Y.
Forum de Comunicação

Dia 2/12 de 8:30`as 18:00hs

Local: SEESP – Sindicato dos Engenheiros

Rua Genebra,  25 -República -SP
Inscrições grátis: ricardo@inovacomunicacoes.com.br

Veja mais detalhes:
http://www.inovacomunicacoes.com.br/eblasts/convite_comunicacao_jovem_empresas.html

Fusões e aquisições em alta no setor de tecnologia 27/11/2010

Posted by Jacqueline Maia in Notícias.
add a comment

Por Daniela Braun | Valor Online – 26/11/2010

SÃO PAULO – As fusões e aquisições do mercado global de tecnologia totalizaram US$ 46,2 bilhões no terceiro trimestre. A soma representa um crescimento de 48,5% em relação aos US$ 31,1 bilhões contabilizados em igual período do ano passado e o maior volume desde o início da crise econômica mundial, informa a Ernst Young.

De acordo com a consultoria, o setor fechou 601 acordos de fusão e aquisição entre julho e setembro, superando em 32,7% os 453 negócios realizados no terceiro trimestre de 2009.

Acordos envolvendo companhias estrangeiras representaram 51% dos valores totais das transações realizadas no terceiro trimestre e continuam crescendo, segundo a consultoria.

A participação dos fundos de private equity nas negociações quase triplicou em um ano, saindo de 35 no terceiro trimestre de 2009 para 99 entre julho e setembro deste ano.

O valor médio das fusões e aquisições na área de TI ficou em US$ 176 milhões no terceiro trimestre, o que representa um recuo de 1,3% na comparação com a média de US$ 178 milhões registrada em igual período do ano passado.

O setor realizou 36 ofertas públicas de ações (IPOs, na sigla em inglês) entre julho e setembro, movimentando um total de US$ 4,5 bilhões. A soma ficou abaixo dos 48 IPOs registrados no segundo trimestre deste ano, que movimentaram US$ 5,2 bilhões.

A consultoria projeta um crescimento contínuo de transações neste segmento nos próximos meses, incluindo apostas em segurança da informação, comércio eletrônico via tecnologias móveis e computação na nuvem.

A análise da Ernst Young também mostra que o Brasil não registrou negócios na área de tecnologia no terceiro trimestre, já que as empresas brasileiras ainda têm grande foco na prestação de serviços, despertando menor interesse de corporações globais.

Título Original: Fusões e aquisições em tecnologia somam US$ 42,6 bi no 3º trimestre

Missão Empresarial da África do Sul ao Brasil 12/11/2010

Posted by Jacqueline Maia in Eventos.
add a comment

Prezados Srs.,

O Consulado da África do Sul em São Paulo comunica-lhes a vinda ao Brasil de uma missão empresarial de comércio e investimento da África do Sul que acontecerá em novembro de 2010 nas cidades de São Paulo (dias 16 e 17) e Curitiba (dias 18 e 19).

A missão será chefiada pelo Ministro de Comércio e Indústria da África do Sul, sr. Rob Davies e formada por empresários dos setores: eletro-eletrônico, TI e telecomunicações, equipamento e serviços para mineração, engenharia, arquitetura e construção, midia, além de empresários voltados para o investimento nos setores: energia renovável e biocombustíveis. Muitas das empresas participantes estiveram envolvidas na preparação da Copa do Mundo de 2010 e querem dividir suas experiências com empresas brasileiras que tem pretensões de participar da Copa de 2014.

Haverá um seminário na FIESP no dia 17 de novembro de manhã seguido de uma rodada de negócios para reuniões individuais entre os empresários brasileiros e sul-africanos. A Federação das Indústrias do Estado de São Paulo vai dispor no seu site na internet (www.fiesp.com.br) um link para participar no seminário e/ou reuniões, que estará disponível em breve.

Inscrições gratuitas.

Terá outro seminário em Curitiba na FIEP  no dia 18 de de novembro à tarde. A rodada de negócios com reuniões individuais em Curitiba acontecerá no dia 19 de novembro de manhã no mesmo local.

Para agendamento em Curitiba, favor contatar Renata Torrens através do e-mail: eventosippex@faciap.org.br copiando para Adriana Cordeiro no e-mail adriana@faciap.org.br

Por favor para participar da Missão Comercial em SP (Seminário/Rodada de Negócios), pedimos a gentileza que as empresas/pessoas se cadastrem diretamente pelo site da FIESP.

Para quaisquer esclarecimentos favor entrar em contato com Vânia ou Mark, tels (11)3265-0441 ou 3265-0443 ou pelos e-mails: safrica@terra.com.br ou satrade@terra.com.br

Eliminando o medo da demissão 07/11/2010

Posted by Pedro Carvalho in Editorial.
add a comment

É prudente estarmos sempre preparados para uma demissão que pode acontecer a qualquer momento. No entanto, viver com medo do que poderá acontecer o coloca em desvantagem e, eventualmente, este medo pode leva-lo à demissão. Há um ditado que diz que você se torna o que você teme. Assim, se você frequenta seu local de trabalho vestindo o medo, outros irão perceber e você estará então assinando seu próprio mandado de demissão.

Abaixo estão algumas estratégias que você pode adotar independentemente de quão seguro você se sente em seu trabalho atual:

  1. Torne-se mais visível, não menos, à alta direção da empresa, clientes e outros cuja opinião irá fazer diferença na forma como você cria valor para a empresa.
  2. Procure saber quais iniciativas poderá aliviar a dificuldade que sua empresa se encontra. Sugira algumas ideias e após testar a funcionalidade, lidere e tome responsabilidades nas mudanças. Durante tempos difíceis todos se escondem, até mesmo os seus gestores. Mude esta mentalidade e siga em frente.
  3. Identifique o que melhoraria seu diferencial em seu currículo que possa reforçar sua proposta de valor. Procure atribuições pertinentes e busque conquistas para atestá-las em seu currículo. Mesmo que eventualmente você não consiga terminá-las (devido a uma eventual demissão) isto mostrará que você pensa de forma diferente de seus pares.
  4. Arrume seu perfil no Linkedin  e obtenha recomendações de clientes e quaisquer outros que pagam suas contas (Decisores).
  5. Almeje uma empresa (de preferência seu concorrente) e descubra qual é sua dificuldade. Escreva uma carta de uma página ao CEO e comunique como você pode ajudá-los a se livrar dessa dificuldade.
  6. Não perca tempo procurando parecer estar ocupado. Ao contrário, invista seu precioso tempo na preparação de uma campanha para divulgar sua bem preparada mensagem, uma rede de contatos forte, e uma lista de empresas-alvo estrategicamente segmentada.
  7. Não ande por aí com olhar melancólico, ao invés disto coloque um sorriso e mantenha um olhar confiante! Uma atitude positiva pode não obter o que você quer, mas isto vai incomodar muita gente ao seu redor, o suficiente para valer a pena tal esforço!
  8. Inicie um blog em sua área de atuação e expertise para que outros, fora do seu trabalho atual, possam ver. Inscreva-se para participar nas feiras e eventos da empresa.
  9. Explore onde a está havendo contratação no mercado, e transforme sua mensagem de forma que se alinhe com as oportunidades existentes adaptando suas habilidades transferíveis (sua genialidade!).

10.  Não espere a demissão, você pode sair bem antes que isso aconteça se você fizer o que é dito acima (nos passos de 1 a 9)

Boa sorte!

Até a próxima Edição!

Pedro Carvalho

Centro de Carreira dos Ex-Alunos da GV

Partner – Authent® Executive Search & Recruting